► Mensagens Diversificadas |MD|: 2014

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador 2014. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 2014. Mostrar todas as postagens

Essa postagem é de emocionar!!!


 Essa postagem é de  emocionar!!!



Pois bem,
quem é que já presenciou uma atitude assim?



Muito me comoveu, 
e,
estou a compartilhar a todos!!!

Um italiano e sua avó que sofre de Alzheimer celeuma, a Internet





Mursciniano Giancarlo, um italiano de 28 anos postou no Facebook um clichê que cobre sua avó Antonia, 87, que sofre de doença de Alzheimer. "Isso é amor", ele escreveu em uma mensagem compartilhada milhares de vezes.

O italiano Giancarlo publicou Mursciniano & eacute;  no Facebook no primeiro de janeiro de 2015, uma foto dele e de sua avó & egrave; re com Alzheimer.
O italiano Giancarlo Mursciniano postado no Facebook em 01 de janeiro de 2015, uma foto dele e sua avó com Alzheimer. (GIANCARLO MURSCINIANO / FACEBOOK)








No momento do novo ano, a foto de família mudou-se milhares de usuários.Mursciniano Giancarlo, um italiano de 28 anos, publicado no Facebook em 1 de Janeiro, um clichê que cobre sua avó Antonia, 87, que sofre de doença de Alzheimer.
"Isso é amor, o jovem escreveu em uma mensagem, que tem atraído a adesão de mais de 460 mil membros da rede social, diz o Huffington Post . 
  
Uma vez que você me carregou em seus joelhos e agora Eu faço a minha vez, minha avó pequena, sem vergonha ou medo. "

"Alguém está sempre ao seu lado"

 

"Na vida, é preciso estar presente para os outros, sejam quais forem as circunstâncias", diz Giancarlo Mursciniano.  
O jovem, então, envia suas saudações a sua avó: "Alguém sempre ao seu lado para protegê-lo e consolá-lo, e você está sorrindo e feliz com a gente."
Em entrevista ao Corriere della Sera (italiano) , Giancarlo Mursciniano disse que a foto foi tirada no jantar de Ano Novo. 
Uma vítima de uma fratura de quadril recente, a avó tem atualmente dificuldade de movimentação . O filho pequeno tem o escopo até a cama está pronta.
Quando
vi em:
curtirespetacular

Li e fui direto 
pesquisar mais em,
fonte original:

francetvinfo.fr




Informação FranceTV


"Enviar a um Amigo"




Share:

Custo de táxi para ir ao trabalho pode compensar o do carro próprio em SP Consultores ouvidos pelo G1 avaliaram 4 situações diferentes. Em distâncias maiores, veículo próprio sai mais barato, dizem analistas.

 

Custo de táxi para ir ao trabalho pode 

 

compensar o do carro próprio em SP




Consultores ouvidos pelo G1 avaliaram 4 situações diferentes.
Em distâncias maiores, veículo próprio sai mais barato, dizem analistas.

 

 

 Além da distância, especialistas apontam que é
preciso levar em conta o tempo do trajeto para
calcular custo (Foto: Levi Bianco/Brazil Photo
Press/Estadão Conteúdo)

Além da distância, especialistas apontam que é
preciso levar em conta o tempo do trajeto para
calcular custo (Foto: Levi Bianco/Brazil Photo
Press/Estadão Conteúdo)








O educador financeiro Mauro Calil, especialista em investimento do Banco Ourinvest, aponta que, “se a pessoa gasta mais ou menos 10 quilômetros para ir e voltar do trabalho, a conta entre táxi e carro fica mais ou menos empatada. A partir daí, o carro próprio ganha do táxi”. Desconsiderando o táxi, Calil diz que “em qualquer conta que a gente fizer, o mais barato vai ser o transporte público.” “Na grande maioria dos casos, o conforto vai ser o segundo fator de decisão. O primeiro vai ser: ‘tenho dinheiro ou não tenho?’ Se couber no bolso da pessoa, ela vai optar pelo automóvel.”

O educador e terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, autor do livro “Terapia Financeira”, concorda que a questão que faz do carro a primeira opção de muitas pessoas é o conforto. Porém, ele acredita que a tendência é de mudança. “O problema do carro é o conjunto. É preciso atenção redobrada, o estresse é muito alto. Carro não é só conforto”, analisa. “Se estou num trânsito infernal e olho ao lado o corredor de ônibus vazio, penso que poderia estar andando melhor. Tudo bem que os ônibus algumas vezes deixam a desejar, mas estão evoluindo”, pondera.

O economista Miguel Daoud, consultor da Global Financial Advisor, lembra que outro item que influencia na escolha é o tempo gasto nos deslocamentos. “À questão do conforto a gente até se adapta, mas da questão do tempo não dá para fugir muito. Se uma mãe tem dois filhos na creche que tem horário para fechar, ela tem que sair do trabalho e chegar no horário. Esses aspectos a gente tem que levar em consideração mesmo a planilha dizendo que isso ou aquilo é mais barato”, afirma.

Já economista Marcos Crivelaro, professor de finanças da FIAP, que também considerou as horas paradas no trânsito para calcular os gastos com táxi, aponta que há acréscimo de 5% a 10% no valor final da corrida, dependendo do horário. Ele diz que horários flexíveis no trabalho ou ainda atividades antes ou depois do expediente podem ajudar a reduzir os custos com locomoção. "Se chegar mais cedo, muitas vezes a pessoa consegue sair mais cedo. Muita gente consegue fazer horário de almoço reduzido e sair antes do horário de pico trânsito", diz. "Muita gente faz cursos de inglês, academia etc., deixando o trânsito baixar. Além de economizar combustível, evita o desgaste do carro."


Na grande maioria dos casos, o conforto vai ser o segundo fator de decisão. O primeiro vai ser: 'tenho dinheiro ou não tenho?'
Mauro Calil, consultor financeiro
O G1 criou 4 situações para servirem de exemplo da grande variação de custos de deslocamento para o trabalho em São Paulo e pediu para os três especialistas avaliarem as despesas de cada uma.

Para o levantamento de dados, foram considerados: 22 dias de trabalho; o preço médio de estacionamento para mensalistas em São Paulo, de R$ 324,56, segundo a consultoria Colliers Internacional; a tarifa de táxi de R$ 4,10 a bandeirada e R$ 2,50 por quilômetro na bandeira 1; preço da gasolina de R$ 2,86 por litro, segundo levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP); cotações de seguros para cada uma das situações feitas pela corretora Minuto Seguros, considerando um carro popular e o perfil do motorista um homem de 35 anos e casado.

Vale lembrar que a Prefeitura de São Paulo anunciou aumento de 9,8% na tarifa dos taxis a partir do dia 6 de janeiro de 2015. Segundo Secretaria Municipal de Transportes (SMT), a bandeirada do táxi comum passará de R$ 4,10 para R$ 4,50. O km rodado subirá de R$ 2,50 para R$ 2,75 na bandeira 1.

Os preços são estimativas e/ou médias de cada órgão, podendo variar em cada caso de acordo com fatores como o valor do carro. Vale lembrar que, no caso dos seguros, o bairro de residência e o deslocamento diário estão entre os fatores que influenciam no custo.

Diferenças nas contas
Na planilha usada por Mauro Calil para fazer as estimativas, utilizada pela consultoria Academia do Dinheiro, o levantamento levou em conta o valor do carro usado pela seguradora para fazer a cotação (cerca de R$ 26 mil, de acordo com a tabela Fipe). O educador financeiro considerou 8% de depreciação anual, gasto médio de R$ 2,4 mil anuais com impostos e manutenção, entre outros fatores.


Táxi em São Paulo (Foto: Mauricio Lima/AFP)Quanto maior a distância entre a casa e o trabalho,
menor a vantagem do táxi em São Paulo em
relação ao carro, dizem consultores
(Foto: Mauricio Lima/AFP)
Já Reinaldo Domingos adicionou à soma do seguro mais o estacionamento o uso de 22 dias de combustível, de acordo com o total de quilômetros rodados entre o trabalho e a residência em cada situação.

Miguel Daoud considerou para os cálculos de gastos com táxi o custo de R$ 33 por cada hora de carro parado com o taxímetro ligado, lembrando que o tempo de trânsito lento encarece a corrida. O economista considerou uma média de 15 minutos para o primeiro percurso, 40 minutos para o segundo, uma hora para o terceiro e uma hora e vinte minutos para o quarto.

Marcos Crivelaro considerou 10 minutos de tempo de deslocamento para a primeira situação, 15 para a segunda, 30 para a terceira e 60 para a quarta. No entanto, ele acrescentou de 5 a 10% nos preços dos táxis por causa do trânsito. O economista aponta também que considerou que o veículo já estaria pago, e não foram inclusos gastos variáveis de manutenção e de multas.

Veja abaixo o resultado:
Situação 1
Local de trabalho: Avenida Paulista, Centro
Residência: Vila Mariana, Zona Sul
Distância: 5 km
Preço do seguro do carro: R$ 1.763,74

Consultor: Mauro Calil
- Custo mensal com carro: R$ 952,43
- Custo mensal com táxi: R$ 730,40
Consultor: Reinaldo Domingos
- Custo mensal com carro: R$ 540,61
- Custo mensal com táxi: R$ 640,20
Consultor: Miguel Daoud
- Custo mensal com carro: R$ 200
- Custo mensal com táxi: R$ 913
Consultor: Marcos Crivelaro
- Custo mensal com carro: R$ 576,66
- Custo mensal com táxi: R$ 730,40

Situação 2
Local de trabalho: Rua Quinze de Novembro, Centro
Residência: Freguesia do Ó, Zona Norte
Distância: 10 km
Preço do seguro do carro: R$ 2.200,32

Consultor: Mauro Calil
- Custo mensal com carro: R$ 1.338,61
- Custo mensal com táxi: R$ 1.280,40
Consultor: Reinaldo Domingos
- Custo mensal com carro: R$ 646,30
- Custo mensal com táxi: R$ 1.190,20
Consultor: Miguel Daoud
- Custo mensal com carro: R$ 479,60
- Custo mensal com táxi: R$ 2.068
Consultor: Marcos Crivelaro
- Custo mensal com carro: R$ 718,16
- Custo mensal com táxi: R$ 1.280,40

Situação 3
Local de trabalho: Berrini, Zona Sul
Residência: Tatuapé, Zona Leste
Distância: 20 km
Preço do seguro do carro: R$ 2.901,98

Consultor: Mauro Calil
- Custo mensal com carro: R$ 1.371,20
- Custo mensal com táxi: R$ 2.380,40
Consultor: Reinaldo Domingos
- Custo mensal com carro: R$ 880,55
- Custo mensal com táxi: R$ 2.290,20
Consultor: Miguel Daoud
- Custo mensal com carro: R$ 800
- Custo mensal com táxi: R$ 3.520
Consultor: Marcos Crivelaro
- Custo mensal com carro: R$ 986,85
- Custo mensal com táxi: R$ 2.380,40

Situação 4
Local de trabalho: Vila Olímpia, Zona Sul
Residência: Itaquera, Zona Leste
Distância: 46 km
Preço do seguro do carro: R$ 2.919,10

Consultor: Mauro Calil
- Custo mensal com carro: R$ 1.437,40
- Custo mensal com táxi: R$ 2.710,40
Consultor: Reinaldo Domingos
- Custo mensal com carro: R$ 1.209,55
- Custo mensal com táxi: R$ 5.150,20
Consultor: Miguel Daoud
- Custo mensal com carro: R$ 880
- Custo mensal com táxi: R$ 6.996
Consultor: Marcos Crivelaro
- Custo mensal com carro: R$ 1.408,81
- Custo mensal com táxi: R$ 4.580,40

Metade do percurso de carro e a outra de transporte público
Algumas pessoas tentam conciliar os preços mais baixos de ônibus, trens e metrô, cuja passagem custa R$ 3, ao conforto do carro, dividindo o percurso. É possível, por exemplo, ir de carro ou táxi até uma estação ou terminal e completar o caminho para o trabalho de transporte público.

Reinaldo Domingos aponta que a alternativa pode ser vantajosa em questão de tempo e conforto, mas não faz tanta diferença no bolso. “O problema do carro é o valor alto do seguro, do estacionamento. Se for pensar em deixar o carro no meio do caminho, só ameniza uma pequena parte do custo, que é o combustível.”

Para Miguel Daoud, usar o táxi para se dirigir até uma estação de metrô ou terminal de ônibus compensa apenas se a distância for curta. “Se a pessoa anda 8 quilômetros de táxi até o metrô, vai para o trabalho e na volta vai do metrô até em casa de táxi por mais 8 quilômetros, compensa em relação a ter um carro”, diz. “É uma alternativa para quem está disposto a trocar carro por táxi. O carro dá mais conforto, tranquilidade, segurança. Mas, dependendo de onde a pessoa vai, o táxi sai mais barato. Se ele anda pouco, é questão de conta.”





veja também


fonte:
g1
Share:

sucos funcionais para recarregar entre o Natal e o Ano Novo...!...



. 05 (cinco) sucos funcionais 
... para recarregar entre o Natal 
e o 
Ano Novo 




.Entre a comilança do Natal e a festança do Ano Novo,

....aproveite para recarregar o organismo com sucos funcionais...

Nas festas de fim de ano, é comum – e mais que justo – se permitir alguns exageros gastronômicos. Mas é sempre bom saber dosar. Por isso, preparamos uma série de sucos para regular o organismo entre a comilança do Natal e a festança do Ano Novo. “Esses sucos foram escolhidos já pensando que a pessoa vai sair um pouco da dieta, a fim de evitar que essa ‘escapulida’ comprometa os resultados que ela já vem conquistando com seu esforço", explica a nutricionista Flávia Cyfer

Já para evitar o estrago antes das festas, a dica da nutri Grabriela Zuglianié a seguinte: "ter à mão petiscos salgados sem glúten e sem lactose, frutas secas, barras de proteína chocolate amargo ou receitinhas fit para ingerir nesses encontros. Ter controle na ingestão de álcool também – dar preferência à prosseco ou caipivodka com adoçante é uma boa saída. Intercalar com água ou água de coco pode ajudar!". Confira as receitinhas, separadas por dia:
Dia 26.12: 

Suco de limpeza intestinal 

 ("Vai estimular uma lavagem intestinal e, ao mesmo tempo, vai nutrir as bactérias boas", explica Flávia)
1 mamão papaia
3 ameixas secas demolhadas da noite para o dia e a agua do remolho
1 colher de sopa de farinha de linhaça dourada
1 colher de sopa de biomassa de banana verde

Colocar as ameixas em 1 copo de agua e deixar da noite para o dia. No dia seguinte bater as ameixas com a agua e o restante dos ingredientes
Dia 27.12: 
Suco desintoxicante do fígado  
("Vai dar um suporte para o fígado trabalhar melhor, eliminando as toxinas da bebida, da gordura e do açúcar, por exemplo", indica)
1 folha de couve
1 maçã
1 punhado de broto de trigo
¼ de limão com casca
1 pedaço de 3cm de gengibre
1 copo de chá branco gelado


Dia 28.12:  
Suco energizante  
("Vai dar mais energia para os dias seguintes de festas", promete)

1 beterraba media crua
1 copo de suco de laranja
1 banana
1 tâmara seca
1 colher de sopa de chia


Dia 29.12: 
 Suco antioxidante 
 ("Tem como foco blindar o organismo dos radicais livres e das toxinas ingeridos durante a ceia")
1 tablete de açaí congelado orgânico (sem xarope de guaraná)
1 copo de suco de uva integral
1 colher de sopa de maquiberry seca
1 colher de sopa de gojiberry seca
Dia 30.12:  
Suco alcalinizante  
("Vai equilibrar o pH sanguíneo, para que as células continuem funcionando perfeitamente e a desintoxicação aconteça de forma adequada")
1 pepino
1 folha de couve
½ limão
1 cenoura
1 copo de agua de coco
1 rodela grossa de abacaxi

 

fonte:
 


Share:

deixe sua casa linda para o Natal...!...saia do convencional ...




deixe sua casa linda para o Natal...!...
saia do convencional ...


presentes natal
Faça você mesmo alguns enfeites de Natal (Foto: Shutterstock)
Nesta quinta-feira é Natal e na próxima semana, o réveillon. Sabemos que agora você quer mesmo é enfeitar a casa e comemorar. Que tal aplicar algumas dicas fáceis para você colocar a mão na massa e se apaixonar pela sua casa mais bonita?

Mas o que queremos mesmo é que você se empolgue e decida cuidar de vez da casa. O 100 Pepinos, parceiro de notícias do ZAP, separou ótimas ideias para fazer ainda hoje e esperar o Natal chegar.
Coleção de globos de neve em taças - Essa ideia é simples e fica um enfeite lindo pras festas. Para fazer, escolha algumas taças, corte uma base em papel (papel cartão ou caixa reutilizada) e recorte do mesmo tamanho da boca da taça. Cole sobre o papel, usando cola quente, alguns enfeites de sua preferência, como árvores de natal, renas e bonecos de neve.
No fundo da taça coloque glitter ou neve artificial. Vire o cartão com os enfeites de cabeça para baixo e encaixe dentro da taça, colando o papel na borda da taça. Vire a taça com a boca para baixo. Você pode usar o pé da taça como um suporte para velas.
Uma dica nossa: o sal grosso também cria esse efeito de neve.
Outra ideia é fazer o mesmo com potes de vidro.
Você pode utilizar sal grosso para fazer o efeito de neve (Fotos: Reprodução)
Você pode utilizar sal grosso para fazer o efeito de neve (Fotos: Reprodução)
Estrela rústica – A foto é quase autoexplicativa. Dá pra fazer essa estrela até com palito de sorvete e cobrir com barbante. Ela ficaria ótima colocada na porta, sobre a mesa ou pendurada na frente da janela. Aí é você que escolhe.
A estrela é um dos enfeites que caracterizam o Natal
A estrela é um dos enfeites que caracterizam o Natal
Coleção de Cartões de Natal - Com pressa e pouco material para decorar a casa? A ideia de usar cartões de Natal como enfeites pode ser muito boa. Ficam lindos colocados na porta, sobre faixas de tecido, pendurados num varal em frente ao espelho ou pendurados atrás das cadeiras da mesa.
Cartões dão charme a porta de casa
Cartões dão charme a porta de casa
Pendure pequenos enfeites - Mais prático ainda é pendurar galhos de árvore e pequenos enfeites pela casa. Deixe que eles fiquem suspensos por fitas de cetim.
Pendure galhos e enfeites no varal
Pendure galhos e enfeites no varal


+ Saiba como ter um presépio na decoração de Natal
+ Famosos preparam suas casas para as festas de Natal
+ Confira dicas para decorar a mesa na ceia de Natal


 Uma das dicas é usar sal grosso para imitar neve










fonte: 
revista.zap




Share:

E você, já sabe como vai pintar as suas para as festas? - Unhas de fim de ano/natal - Réveillon -

Unhas decoradas: veja idéias de nail art para o Natal e Réveillon


Inspire-se na galeria de fotos para pintar as unhas neste fim de ano


O fim do ano chegou e as festas de confraternização não param de surgir e lotar sua agenda, não é? 
Haja roupa para tanto evento, não há closet que resista a essa época do ano. 
Mas existe uma forma mais simples e barata de deixar o look de Natal e ano novo mais charmoso, sem ter que investir em um look novo.  
As unhas são a forma mais fácil de caprichar no visual de festa, sem ter encarar as tão temidas compras de fim de ano.

Verde e vermelho no Natal
branco e prata no Réveillon, certo? 
Errado
 Essas cores servem apenas como base, os esmaltes e decorações vão muito além do básico.  
Texturas, 
brilhos, 
desenhos 
aplicações 
deixam as 
unhas muito mais divertidas e bonitas neste fim de ano. 

E você, já sabe como vai pintar as suas para as festas? 
Inspire-se na galeria de fotos abaixo e escolha uma 'nail art' para fechar o ano com chave de ouro.











  Unhas de fim de ano/natal - red:


 Unhas de fim de ano/natal - textura:


  Unhas de fim de ano/natal - Réveillon:


fonte:

Share:

lindas mensagens de natal - 2014 -



http://mensagensdiversificadas.blogspot.com.br/

http://mensagensdiversificadas.blogspot.com.br/
 
 
 http://mensagensdiversificadas.blogspot.com.br/


Share:

" fecha em alta , Dólar, após chegar a R$ 2,76 e renova máxima desde 2005"





Dólar fecha em alta após chegar a R$ 2,76 e renova máxima desde 2005

Queda da moeda da Rússia influenciou o mercado.
A moeda norte-americana fechou cotada a R$ 2,7355, em alta de 1,87%.

Do G1, em São Paulo
Variação do dólar na semana
Valores de fechamento em R$
Created with @product.name@ @product.version@2,59812,61252,64762,65122,68532,7355cotação09/1210/1211/1212/1215/1216/122,5752,62,6252,652,6752,72,7252,75
Gráfico elaborado em 16/12/2014
O dólar fechou em alta pelo quinto dia seguido nesta terça-feira (16), reagindo à intensa aversão ao risco nos mercados globais, após a forte alta dos juros da Rússia na noite passada se mostrar insuficiente para evitar o tombo do rublo e em meio à contínua  queda dos preços do petróleo.
A moeda norte-americana fechou cotada a R$ 2,7355, em alta de 1,87%. Veja cotação. Na máxima do dia, chegou a  R$ 2,7614.
O valor de fechamento desta terça é novamente o maior desde 2005 - máxima que a moeda vem atingindo nas últimas semanas. No dia 28 de março daquele ano, a divisa fechou a R$ 2,7385, de acordo com dados do Banco Central.
Nas últimas cinco sessões, o dólar acumulou valorização de 5,29%.
O dólar vem pressionado pelo ambiente de incertezas internas e externas, com investidores preocupados principalmente com o futuro do programa de intervenções no câmbio do Banco Central brasileiro, e atentos à queda nos preços do petróleo.


Oferta diária do BC será mantida
 
Nesta terça-feira, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, anunciou que os leilões diários de contratos de "swaps cambiais" terão prosseguimento em 2015 - instrumentos que funcionam como venda de dólares no mercado futuro (derivativos) - o que também impede uma pressão maior no mercado à vista da moeda norte-americana.

O anúncio, porém, não foi o suficiente para conter o mau humor no mercado. Operadores ainda aguardam uma definição final dos moldes do programa.
"Nos próximos dias, vamos definir os parâmentros do programa de swaps cambiais para o começo de 2015. Nos próximos dias, teremos novidades. Os parâmetros podem ser ajustados. No mínimo 50 [milhões de dólares] por dia e no máximo 200 [milhões de dólares] por dia. Hoje, são US$ 200 milhões por dia", informou Tombini após audiência pública no Congresso Nacional, em uma tentativa de acalmar o mercado.
Os contratos de "swaps cambiais" - instrumentos que funcionam como venda de dólares no mercado futuro (derivativos), o que também impede uma pressão maior no mercado à vista da moeda norte-americana - vêm sendo ofertados diariamente pelo BC desde agosto de 2013, momento no qual o dólar atingiu R$ 2,40.
Com o anúncio do Banco Central, o atual estoque de contratos de "swap cambial" em mercado, que equivale a cerca de US$ 100 bilhões, tende a continuar subindo, mas o aumento tende a ser menor. Isso porque a oferta atual de US$ 200 milhões (acima da rolagem) por dia tende a ser reduzida, uma vez que vai oscilar entre US$ 50 milhões e US$ 200 milhões diários.
Nesta manhã, o BC vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais pelas rações diárias, com volume correspondente a US$ 196,6 milhões. Foram vendidos 2 mil contratos para 1º de setembro e 2 mil para 1º de dezembro de 2015.
O BC também vendeu a oferta integral de até 10 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 2 de janeiro, equivalentes a US$ 9,827 bilhões. Ao todo, já rolou cerca de 6% do lote total. Após o fechamento da véspera, o BC anunciou ainda para esta sessão leilão de venda de até 1 bilhão de dólares com compromisso de recompra em 2 de junho de 2015.

Bovespa
As ações da Petrobras fecharam no azul nesta terça-feira (16), após 6 pregões consecutivos de queda, em dia marcado por fortes oscilações dos papéis da estatal na Bovespa e por um cenário de aversão a risco nos mercados globais.

O Ibovespa, principal índice da bolsa, fechou em queda de 0,02%, a 47.007 pontos, impactado pelo desempenho de ações de empresas de educação e de bancos em uma sessão de intensa volatilidade. Veja  cotação.

16/12/2014 17h01 - Atualizado em 16/12/2014 18h10


fonte:
g1.globo







Share:

Seguir por e-mail

Seguidores

Google+ Followers

arquivo

Google+ Badge

"Alô Negócios !!!…buscas populares"

Alô Negócios !!!…buscas populares