Pesquisar

Mostrando postagens com marcador artigo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador artigo. Mostrar todas as postagens

Você sabe: Como Escrever Artigo?

"Como Escrever Artigo"



Independente se for para 
uma revista, 
jornal, 
seu professor 
ou para o WikiHow, 
escrever um artigo incrível só depende de você
Veja como.



Passos

  1. 1
    Selecione um tópico. Sobre o que exatamente você vai escrever? Quando for escrever para o WikiHow, você pode até verificar os tópicos requeridos para ter ideias.
    • Pense em algumas ideias se precisar. Use alguns minutos pra escrever todas as ideias que passarem pela sua cabeça, sem avaliar se são boas ou não. . Quando terminar, leia a lista novamente e escolha o melhor tópico.
    • O tópico deve ser interessante pra você. É bem mais fácil escrever um artigo sobre algo que você deseja aprender.
  2. 2
    Conheça seu público. Você está escrevendo para um público iniciante, intermediário ou avançado? Por exemplo, se estiver escrevendo um artigo sobre "Criar Slides no PowerPoint", seus leitores são novatos no PowerPoint, ou homens de negócios procurando dicas avançadas? Ter um bom conhecimento sobre quem irá ler seu artigo pode ajudar você a orientar a informação e o tom para que seja o mais útil possível.
  3. 3
    Faça sua pesquisa. O quão bem você conhece o tópico? É algo sobre o que você consegue facilmente escrever com uma pequena ou nenhuma preparação, ou você precisa de mais informações sobre especialistas no campo em questão? Visite a biblioteca mais próxima para pesquisar ou pesquise na internet. (Cuidado ao pesquisar na internet – se possível, certifique-se de que a fonte é confiável e precisa.)
  4. 4
    Decida o tamanho do artigo. Professores, revistas e jornais geralmente lhe darão um limite. Artigos do WikiHow, por outro lado, são geralmente "tão longos quanto precisam ser e não mais que isso." Manter um tamanho em mente pode ajudar você a decidir o que precisa ser incluído no seu artigo e o que pode ser deixado de fora.
  5. 5
    Escreva um esboço (opcional). Nem todo mundo escreve um esboço, mas pode ser útil para organizar seus pensamentos. Comece com uma introdução que te leve ao ponto principal, pelo menos 3 parágrafos, e uma conclusão.
  6. 6
    Escreva o rascunho do artigo da seguinte forma:
    • Conte aos leitores sobre o que você irá falar. Esta é sua introdução. Por exemplo: Este artigo explica como criar uma apresentação de slides no PowerPoint. Ele abrange as seguintes informações: escolher um tema, criar um título para o slide e criar slides de tópicos. As informações nesse artigo são direcionadas aos novatos. O autor presume que você nunca usou o PowerPoint.
    • Conte aos seus leitores o que você prometeu contar a eles. Nessa parte você diz a eles como escolher um tema, criar um título para o slide e como criar slides de tópicos.
    • Recapitule aos seus leitores o que você acabou de dizer a eles. Por exemplo: Este artigo lhe ensinou como criar uma apresentação de slides no PowerPoint. Você aprendeu como escolher um template, como criar um título para o slide e como criar slides de tópicos.
  7. 7
    Revise seu artigo. Releia seu artigo em voz alta para ter certeza do que o que escreveu faz sentido. Esteja atento à gramática e ao vocabulário para encontrar possíveis erros.
  8. 8
    Revise novamente seu artigo. Dessa vez, apague qualquer informação desnecessária ou contraditória. A única vez que você deve ter informações que não condizem com seu assunto é quando escrever algo com argumentação e contra argumentação. Elimine qualquer coisa que só esteja ocupando espaço. Não floreie demais o seu trabalho.
  9. 9
    Reescreva o artigo quantas vezes forem necessárias. Quando tiver reescrito, peça a um amigo de confiança ou a um familiar para ler seu artigo e te dar um feedback construtivo. Reescreva novamente.
  10. 10
    Adicione uma imagem (opcional). Se for apropriado para o seu formato, adicione uma imagem. Isso irá diferenciar seu artigo dos outros que não possuem imagens e dar ao leitor mais informações sobre o assunto.
  11. 11
    Envie seu artigo concluído.

Dicas

  • O motivo do esboço é te ajudar. Se você acha que consegue achar sua ideia principal escrevendo uma lista de frases incompletas, então faça isso. Depois, se seu professor quiser um esboço formal, você pode criar um com essa lista.
  • Ao verificar gramática e vocabulário para encontrar erros no processo de edição, você não perderá nenhum tempo corrigindo-os durante o processo de criação.
  • Se você estiver escrevendo para um jornal ou revista e for novato na escrita profissional, é normal se apresentar e apresentar sua história numa pequena carta. Ache o nome do editor que estará lidando com o seu trabalho (ex.: se estiver escrevendo um artigo sobre carros para um jornal, ache o nome do editor da sessão de carros). Essa informação pode ser encontrada nos calcês, uma caixa contendo o nome dos editores, normalmente encontrada próxima à primeira página ou página de comentários da publicação. Escreva um esboço chamativo mas conciso sobre sua história e os motivos pelos quais os leitores da publicação se interessariam por ela. Também inclua algumas linhas sobre sua experiência como escritor. O tom dessa carta deve ser profissional, mas afável e amigável. Não é o lugar para se gabar ou admitir seus insucessos como escritor profissional. Discutir salários e comissões vem depois do editor ter aceitado sua peça.
  • Se você não tem experiência nenhuma como escritor profissional, não comece escrevendo colunas (artigos de opinião). Colunas geralmente são reservadas para pessoas que têm trabalhado na publicação por um longo tempo ou que são especialistas em algum campo. Se você é novato na profissão, comece por baixo. Pense sobre obituários, histórias de interesse humano e artigos simples de notícias. Em geral é mais fácil começar com jornais do que revistas. Tente escrever para sessões sobre vida, moda, artes, carros ou viagens antes de enviar histórias para as publicações. Essas sessões tendem a ter pouco material e, por isso, possuem um grande orçamento para escritores freelancers.
  • Se você pretende perseguir uma carreira como escritor, seja realista. Pessoas que vivem disso geralmente começam a construir seu portfólio de trabalhos publicados tão cedo quanto o Ensino Médio. Normalmente até o melhor escritor leva muitos anos antes de conseguir viver disso. Em outras palavras, não abandone seu emprego atual. Comece a escrever gradualmente, talvez fazendo trabalhos como freelancer enquanto mantém um trabalho mais estável em meio-período.
  • Faça alguns cursos sobre escrita ficcional e não ficcional. Eles não só irão ajudar no seu trabalho, mas também farão você ter contatos no ramo ao conhecer seus professores e companheiros escritores. Isso o ajudará a ser levado a sério quando enviar artigos a uma publicação. Ser um bom escritor freelancer significa saber como escrever e como se relacionar.
  • Certifique-se de que seu artigo responda cinco perguntas: quem, porque, onde, quando, o que e como.
  • Você também pode procurar artigos online e informações de ajuda (como este artigo).
  • Certifique-se de reservar bastante tempo para você escrever o artigo. Caso contrário, estará se apressando até o último minuto para criar algo que não representa o que você realmente é capaz de fazer.
  • Não seja estrela. Seu trabalho passará por diversos editores e revisores ante de ser publicados. Ele será alterado. Se irritar ou exigir explicações é um jeito certo de não ser convidado para trabalhar para a publicação novamente.
  • Sua reputação como escritor é quase tão importante quanto o trabalho que você envia; não cometa erros ou faça plágio. Copiar algo sem citar a contribuição é o jeito mais fácil de fracassar como escritor. Tenha suas anotações e lista de fontes sempre à mão para que os editores possam conferir seu trabalho. Se você cometer um erro, conserte imediatamente e se desculpe bastante.
  • Não perca prazos. Em linhas gerais, um artigo atrasado é pior do que um artigo medíocre.
  • Círculos literários são pequenos e fofoqueiros. Não diga nada ruim sobre um colega escritor ou editor, nunca. Você nunca sabe quem é casado com quem.

Avisos

  • Quando escrever para um jornal ou revista, não faça isso de graça. Pergunte qual é a comissão de freelancer com antecedência. Seu pagamento geralmente será calculado com base na quantidade de palavras. Seu trabalho é valioso. Escrever de graça deprecia a profissão e torna mais difícil viver disso para quem depende da comissão de freelancer para pagar as contas. (Mas se você estiver só começando, se oferecer para escrever pequenos artigos para jornais de bairro, publicações escolares e revistas comerciais é um ótimo jeito de construir seu portfólio. Esteja ciente de que essas publicações raramente possuem dinheiro para pagar os freelancer mesmo.)






 Criado por Maluniu


fonte:
wikihow
Share:

Seguir por e-mail

Seguidores

Google+ Followers

arquivo

Google+ Badge