Pesquisar

Mostrando postagens com marcador cultura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cultura. Mostrar todas as postagens

...Saiba como customizar um chinelo em borracha "porosa"


.
 ...Saiba como customizar um chinelo  em borracha "porosa"

Tutorial:

Saiba como customizar um chinelo
em borracha "porosa"

Este presente tutorial, serve para chinelos customizados, em tecido, apenas; 
e não com outro materiais, como por exemplo: "guardanapos", que requer outros procedimentos técnicos!
...

Decoupagem em chinelo de borracha "porosa"

. Materiais diversos:



. 01 (hum) par de chinelo de borracha "porosa"
. 01 Tesoura
. Tecido, 100% (cem por cento) algodão,  ( a escolha da estampa/padronagem, você decide)
. Álcool
. Lixa
. Cola para chinelo
. Verniz para chinelo
. Glitter - para cobrir a correia do chinelo:
... Glitter poliéster , cor citríca, na cor pink, gramatura 008, podendo ser a cor que você desejar
. Fixa Glitter

. Pincel Macio, largo , aonde ,  com um pincel largo e macio, você aplicará  a cola chinelo, quando  você for colar o tecido no chinelo;
...e um outro pincel  largo e macio , para você aplicar o verniz chinelo,  após ter colado o tecido no chinelo, e esperado secar por 72 (setenta e duas horas = 03 (três dias)).
O verniz chinelo é para o acabamento.  
E serve para proteger a estampa do tecido escolhido e colado no  chinelo , criando uma película impermeável, entre o verniz e a estampa de tecido colada, na borracha do chinelo!

Nota:


. Passar álcool na superfície do chinelo, para remover a poeira, gordura e intempéries, que pode dificultar na aderência da "cola chinelo" na superfície do chinelo.


Execução:



Agora,
com o chinelo bem limpinho, começamos o trabalho de decoupagem.
. Tecido previamente lavados, pois a goma que vem de fábrica do tecido, pode deixar o tecido impermeabilizado, dificultando, o trabalho de decoupagem no chinelo de borracha porosa , a ser realizado. Atrapalhará na fixação do tecido no chinelo.


Cortaremos o tecido em duas partes iguais, de modo que cada parte cortada, seja maior do que o chinelo de borracha porosa, uns dois dedos , mais ou menos, isto é, 02 cm , mais ou menos.

A secagem do tecido colado, requer um tempo de secagem, para que fique bem adererido ao chinelo de borracha e não solte , rapidamente por qualquer lapso!


Pode também, pegar um tecido na cor branca, e pintar um motivo ,que você goste, para ser aplicado sobre o chinelo, fica também muito bonito, personalizável !!!


Passo - passo



Com a cola chinelo e o verniz chinelo de 50mg, e 37 ml , respectivamente ( o conjuntinho menor) :
Com  os  02 (dois) potes menores ,ou seja,
de cola chinelo , e o pote de verniz chinelo.
Os quais   possuem uma quantidade
dentro do pote do  produto a ser utilizado, renderá  aproximadamente,
06  (seis) pares de chinelo
customizados!

e,
com  os 02 (dois) potes maiores,ou seja, a cola chinelo , e o pote de verniz chinelo, de 250 gramas e 200ml, respectivamente.
Os quais   possuem mais quantidade
dentro do pote do  produto a ser utilizado, renderá  aproximadamente
30 (trinta) pares de chinelo customizados!


A quantidade a ser obtida, com chinelos customizados, conforme nesse tutorial, pode variar, de acordo com o tamanho do chinelo, e a quantidade de cola que você utilizar!
Ter muita cautela ao aplicar a cola no chinelo.
Aplicar a cola em quantidade generosa, no chinelo, e prestar bem atenção nas beiradas do chinelo, para não descolar o tecido, pois pelas bordas que começa a soltar.


Agora, com a cola  chinelo , a qual foi aplicada no chinelo, cubra com o tecido e pressione com as suas mãos, e não deixe formar bolhas de ar, e que o trabalho não tenha rugas, que possa ajudar a sair depois do uso do chinelo.
Com movimentos bem suaves, e não será necessário colocar peso, e nem  passar ferro quente, nem espátula de teflon, não precisa pressionar.
 Só ir alisando que a aderência ocorrerá, e você perceberá o relevo do chinelo sobressaindo, sinal que está aderindo bem, está bem fundido.


Certifique-se de que próximo aos furinhos, aonde é o local das correias, se está bem colado.


Aguardar aproximadamente  02 (duas) horas,
para o tecido e secar e  fixar  a cola .




O ideal é 72 (setenta e duas) horas  de secagem, do tecido colado no chinelo. Pois, com duas horas se você puxar o tecido vai sair/soltar, manchar.


Depois destas 02 (duas)  duas horas, teremos que fazer o seguinte:


Com o tecido seco com a cola, ele fica bem fixo ao chinelo, e você pode puxar, que ele num solta mesmo, você pode puxar com força que ele não descola.


Agora, aplica-se o "verniz chinelo".


O verniz chinelo é um protetor do tecido, ele impermeabilizará o tecido, e num vai deixar o tecido, exposto a atritos, não deixará o tecido sujar, encardir, sujar etc.
O que adere o tecido no chinelo é a cola chinelo e não o verniz chinelo.
Aplicar uma demão generosa de verniz.
O verniz não é uma cola, ele é uma proteção para o tecido.



O verniz não é fixador, assim como a cola chinelo.


Por isso que ao aplicarmos a cola chinelo, devemos ser generosos.

Passar o verniz bem próximo das bordas, o verniz funciona como uma termo lina, para o tecido não desfiar, tendo assim o verniz duas funções.
O verniz tem de secar no mínimo 12 (doze) horas.
Com o uso, a durabilidade do trabalho está condicionada a forma de uso.


Usar o chinelo com cuidado, que ele terá longa vida.
O verniz tem de secar no mínimo 12 (doze) horas ou mais, melhor!
Daí, então, vamos ao  corte do chinelo e a colocação das tiras.


Com uma tesoura boa, cortar o tecido bem rente ao chinelo.


O verniz deixa o tecido bem durinho, impermeabilizado, e não vai desfiar!
Depois de cortar os excessos nas laterais do chinelo, recoloca-se as tiras.



Antes porém, caso você opte por decorar as tiras,
decore-as primeiro, antes de colocá-las no chinelo
Para recolocar as tiras dos chinelo, faz-se furos com ajuda de uma tesoura de pontas.
E, pode-se usar o cabo do pincel, lápis ou caneta, introduzindo de dentro para fora, acomodando o tecido, no meio do orifício de onde acomodará a correia do chinelo,
empurrado para dentro  com as rebarbas do tecido, que foi dado o pique/furo , com a tesoura. O movimento é de dentro para fora.


Pode personalizar, colocar nome etc.



As tiras do chinelo, decoradas com glitter:
...você passa o fixador de gliter, não tóxico, não pode ser outra cola , porque não vai fixar. O fixa glitter   é um produto bem versátil,  passe-o nas tiras, na  parte superior,
e com o pincel você espalha a cola (fixa glitter),
e depois polvilha com o glitter cristalino cítrico,  gramatura 008, poliéster,  de peso líquido de 3,5 gr.,  e não é grosso, e não é glitter de papelaria, ele é especial, bem fininho, cores cítricas, chamam-no de purpurina.
Pegue um papel e sobre ele coloque a tira do chinelo, e passe a purpurina/glitter.


Tem diversas cartelas de cores de glitter, e cores brilhantes, também!

Espere a secagem.

Depois coloque as correias no chinelo.

É lavável.

Só não pode lavar bruscamente, esfregar por muito tempo e  nem deixar em molho prolongado.

Dá um ótimo efeito, no acabamento!































. .

Share:

afinal o que é "conceito "upcycle"?

afinal o que é "conceito "upcycle"?


Blogger


para mim

É pop: "upcycling "

na decoração


Nossa casa é nosso mundo particular, onde praticamos tudo o que curtimos e levamos para dentro nossas escolhas e preferências. 

Pensar na sustentabilidade por meio do consumo consciente e reaproveitamento de materiais e objetos são um superinício 
para uma vida de bem com a natureza.
Na onda verde e cheia de bom gosto 
está o Upcycling
termo que surgiu 
em meados dos anos noventa 
e significa oferecer nova função 
e uso aos objetos descartados, 
sem transformá-los. 

No conceito do upcycle, 
entram os objetos inteiros 
em sua forma orginal, 
como 
utensílios de cozinha, 
antigos móveis, 
caixas de madeira, 
materiais de construção 
e
embalagens do dia a dia.

Com originalidade e boas idéias,  
talheres que sobraram de um jogo 
podem virar penduradores  
e faixas de pneu usados encosto de cadeira

Tudo pode ganhar design e nova leitura.

Quem tem tesouras, cola e lixa como extensão das mãos e ama um passo a passo já olha como matéria-prima potes e caixas que estão prestes a ir ao lixo… Quem nunca olhou para uma embalagem e já imaginou seu novo destino? Porém, podemos ir além e pensar em gerar usos distintos até mesmo para raladores ou fechaduras de porta. Nos exemplos das imagens, lojistas da nossa comunidade e autores de blogs apresentam ideias originais que estimulam este novo olhar.


No próximo momento criativo, tente misturar intrumentos do ateliê àquela caixa de itens sem função na casa. 
O que iria seguir caminho para a reciclagem pode ter sua vida útil ampliada antes deste fim.


Quem já não teve vontade de transformar o ralador em cúpula ou porta-brinco

Siga em frente! 

Neste pap você pode pegar inspirações de como colocar a idéia em prática.


"A natureza agradece e a casa ganha personalidade única!"

Imagens: 

lojas;

Ecohelp

Oficina Singular,  

Ateliê Fase Nova,  

Presente Maneiro,  

Blog Seu estilo de morar 

e  

Blog da Fal


Marcela Stump

MA STUMP é uma mocinha paulistana casada de casquete e mãe de um salsicha. 
Formada em publicidade, é adepta do faça você mesma, pira em um botão e acredita com todas as forças que cola, 
redes sociais,
cor e bom humor 
resolvem grande parte dos nossos problemas.
 Escreve todo santo dia no Colacorelinha 
e agora também integra à redação do Elo7.
 
 
 
fonte:






--
Postado por Blogger no MD em 7/09/2013 03:34:00 PM
mensagensdiversificadas.
Share:

Seguir por e-mail

Seguidores

Google+ Followers

arquivo

Google+ Badge

"Alô Negócios !!!…buscas populares"

Alô Negócios !!!…buscas populares